GOB-MS Grande Oriente do Brasil - Mato Grosso do Sul

Oh! Quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união.

CADÊ O SOSSEGO?

quarta, 07 de fevereiro de 2018 às 19h45

CADÊ O SOSSEGO?

Procura-se o sossego que também é conhecido por tranquilidade. Quem souber do seu paradeiro, por favor, nos comunique que poderá ser bem gratificado pelos interessados que, acreditamos pertencerem à maioria da população.

É que anda sumido e faz um longo tempo. Há pessoas angustiadas, já não sabem a quem recorrer, algumas até não tem mais esperança de encontrá-lo.

Do sossego, temos a lembrança da paz interna, do descanso para repor energias, ter condições de meditar para enfim tomar decisões sem medo de errar. Mas, como conseguir tal proeza nos tempos atuais, com toda a correria existente que não dá tréguas ao vivente, na cidade e no meio rural. E o sossego está em lugar incerto e não sabido. E dizer que alguns anos atrás, o sossego andava solto, tranquilo, sem atropelos numa boa, praticamente a custo zero.

Éramos felizes e não sabíamos, ele se fazia presente, aqui, lá e acolá sem qualquer cerimônia. Ele certamente está onde tem o devido respeito e reconhecimento pelo bem que faz, sabe-se onde! Ou alguém o detém para proveito de suas benesses e não quer compartilhar com mais ninguém.

Isso, por si só é um tremendo egoísmo.

A verdade é que o sossego escapuliu para desespero da humanidade, e, tão cedo não reaparecerá. Vamos ser sinceros, ele hoje é uma preciosidade, que nos parece em extinção.

Cadê o sossego?
 
Nelson Vieira**Secretário Estadual de Educação e Cultura do GOB-MS, membro da Academia Maçônica de Letras de Mato Grosso do Sul, membro da Academia de Artes, Ciências e Letras Castro Alves, membro correspondente da Academia Rio Grandense de Letras, membro da ARLS – Aurora II, n.º2017 e membro da Associação Internacional de Poetas.

Fonte: GOB-MS

Notícias relacionadas